Harry Potter: Hogwarts Mystery, lançado em 25/04/2018, é o mais novo jogo da consagrada franquia Harry Potter. Um jogo de RPG desenvolvido pela Jam City e publicado pela Portkey Games, disponível gratuitamente para dispositivos Android e iOS.

Ambientado entre o nascimento de Harry Potter e o seu ingresso em Hogwarts, você se encontra na pele de um estudante de Hogwarts desde o seu 1º ano na escola. Já no começo do jogo você encontra seu parceiro(a) Rowan Khanna no Beco Diagonal. Ainda lá, o vendedor de varinhas Garick Ollivander te identifica como o famoso irmão de Jacob, o aluno expulso de Hogwarts por tentar abrir as Criptas Malditas. Daí em diante, começa a aventura sobre o paradeiro de seu irmão e o mistério envolta dessas criptas. Dizer mais que isso da história, ainda que sejam os minutos iniciais do jogo, é chance alta de dar spoiler e prejudicar a experiência do jogador no ponto de maior destaque do jogo.

O desenrolar do jogo e da trama se passa por uma série de conversas e animações do próprio jogo (in game), tal como nos games da Telltale, na troca de áreas de Hogwarts, cada qual com suas respectivas salas, e que são desbloqueados conforme o avanço da história, o que não agradou na imersão da paixão inerente dos fãs de Harry Potter pela exploração desse incrível universo, pois somente há uma câmera fixa em cada área. Outro ponto negativo da imersão é a ausência de um teste de personalidade pelo Chapéu Seletor para a escolha da sua casa. O jogo simplesmente lhe pede para escolhê-la. Nesse caso, poderia haver as duas opções.

A lista atual das áreas de Hogwarts

Nesse caso podemos ver as várias salas, como o Salão Principal, da área Andar inferior – Oeste.

De toda forma, ainda há um bom sentimento de empatia com Hogwarts pela boa qualidade gráfica do jogo na construção visual dos personagens – principalmente nos grandes, como Dumbledore, Snape e McGonagall – das áreas, salas e menus, todos ainda leves e bonitos para um jogo de celular quando comparado com demais jogos do gênero.

Esses ficaram realmente caprichados!

A mecânica do jogo consiste em usar Energias, que se recarregam a cada 4 minutos, para realizar as mais diversas tarefas: realizar a missão principal; ver aulas e aprender feitiços, poções, vôos de vassoura, transfiguração, herbologia, dentre outras “matérias escolares”; realizar conquistas; duelar; e agora graças à série mais recente da franquia nas telonas: cuidar de criaturas fantásticas!

No entanto, a Energia podia recarregar mais rápido, talvez em 2 minutos, porque é comum estar jogando todo animado e de repente se deparar com ela vazia, cortando a empolgação de continuar com a trama. E mais: cuidado ao gastar as Energias com toques muito rápidos na tela! Gaste-as com calma, porque ao acabá-las o jogo lhe mostra uma opção para usar Diamantes em troca de algumas Energias, e não são poucos. Caso você confirme a troca sem querer, já era, não haverá uma mensagem lhe perguntando se você tem certeza disso, o que causará uma boa frustração. Aí recuperá-los pelo jogo será uma tarefa árdua, a menos, é claro, que você esteja disposto a pagar dinheiro real por isso.

Cada tarefa exige o cumprimento de barras de interações específicas da tarefa escolhida. Por exemplo: se você estiver vendo a aula de feitiços do Professor Flitwick, você pode interagir de algumas formas: indagar-se; cutucar Rowan; perguntar; ponderar; dentre outras. Nas tarefas existem estrelas que determinam a sua completude e por isso precisam ser coletadas com gasto de Energia nas interações, e a cada estrela completada há um mini-game de: tocar na tela na hora certa; desenhar um gesto ou silhueta; ou responder a uma pergunta (sempre tem quiz em Harry Potter, né?). Cada uma, se realizada adequadamente, te recompensa com Moeda, Energia, Diamante, Ração de Criaturas ou Atributo.

Partiu aula de feitiço!

Ainda, existem variações de tempo nas tarefas. As missões principais te fornecem até 3 horas para serem completadas, enquanto nas missões secundárias existe a opção de escolha de completá-as em até 1, 3 ou 8 horas, onde logicamente a mais longa trará recompensas melhores. Assim, caso queira completar com rapidez sem se incomodar com recompensas menores, basta escolher 1 hora, e, por outro lado, se estiver em um dia atarefado, basta escolher a de 8 horas para se preocupar menos em ficar retomando ao jogo para conferir se as Energias recarregaram antes do tempo limite. Senão, vá na de 3 horas e sinta o seu ritmo. Esse aspecto de escolha é interessante porque retira aquela obrigação irritante de ficar checando o jogo conforme o tempo dele, algo comum em demais jogos do gênero. Dessa forma, o jogador pode adequar seu dia para o jogo, e não o contrário.

Vale ressaltar que se você é um jogador impaciente e que não tem a intenção de gastar dinheiro real com o jogo, terá que esperar bastante tempo para conseguir desfrutar da experiência completa. O jogo é bem casual nesse aspecto.

E como todo RPG, há atributos do personagem! São eles: Coragem, Empatia e Sabedoria. Não há muita complexidade aqui. Eles são aprimorados conforme a escolha na hora de resolver conflitos, e conforme a repetição de aulas de cada atributo. Os atributos permitem mais opções de resposta nas conversas, e mais dano nos feitiços correspondentes a cada um nos duelos.

O jogador pode ainda cultivar amizades com outros personagens da história, comendo sanduíche no Salão Principal, bebendo cerveja amanteigada no Três Vassouras ou jogando gobstones (bexigas) no pátio com eles. Cada amigo possui um tipo de conversa que testa seus conhecimentos do universo Harry Potter, recompensando mais ainda quem quer aprender e a reter conhecimento da história e dos personagens. É aqui que o quiz se destaca.

Ainda é possível alterar o visual (customizar) de seu personagem a qualquer hora com a troca de penteados, roupas, pulseiras, animais de estimação (pets), dentre outros. Na época do lançamento, a compra era focada no visual que nos agradasse mais. Normal. Porém, em uma atualização houve o incentivo a adquirir novas roupas: mais pontos de atributo por cada roupa comprada! Isso certamente facilitará a sua jornada, então não desvalorize as Moedas e compre tudo que conseguir! Só não esqueça de voltar ao seu visual mais irado depois de comprar várias peças ao mesmo tempo, porque as várias compras ao mesmo tempo te deixarão com um visual bem maluco haha! Ah, uma outra coisa: recomendo ainda deixar um fundo de 500 Moedas para conseguir cultivar as suas amizades, já que o custo dessas interações variam de acordo com o nível de amizade e o local escolhido.

Por fim, a trilha sonora também merece destaque. Ela é bem agradável e compatível com o universo Harry Potter, sendo toda orquestrada! Até parece um novo filme! Há 25 músicas que se dividem entre regiões, dormitórios de cada casa, aulas, chefes, música principal e de ambiente. São músicas curtas, de em média 2 minutos, mas muito cativantes e empolgantes. Vale muito a pena ouvi-la como música ambiente, como no trabalho, por exemplo.

Em um contexto geral, o jogo é satisfatório na diversão, história (principal motivadora), ambientação e cobrança (de seu tempo ou dinheiro). Como se trata de um jogo gratuito para jogar (free-to-play) é esperado uma loja interna de dinheiro real te cobrar por melhorias mais rápidas, e Hogwarts Mystery não é tão agressivo nesse aspecto, o que melhora na qualidade e quantidade da jogatina.

Importante ressaltar ainda que o jogo vem sendo constantemente atualizado na história, eventos e temáticas (como Criaturas Fantásticas e Onde Habitam e, atualmente, o Natal), fato que demonstra cuidado e atenção constante por parte dos desenvolvedores.

Viva o Natal! A direita é a Lulu, na casa da Grifinória.

Dessa forma, o jogo conquista a nota de 3,5 de 5 cookies.